quarta-feira, 18 de agosto de 2010

A TEORIA DAS JANELAS QUEBRADAS



A Teoria das Janelas Quebradas e o titulo do novo livro de Drauzio Varella. O livro traz uma selecao de cronicas publicadas ao longo de 10 anos no Jornal Folha de Sao Paulo. Leitura leve e gostosa como se voce estivesse batendo um papo com alguem. Mas o post nao e para falar do livro e sim do titulo do livro. Abaixo uma explicacao, que eu extrai da internet, explicando o que vem a ser a Teoria das Janelas Quebradas.

“ Em 1982, o cientista político James Q. Wilson e o psicólogo criminologista George Kelling, ambos americanos, publicaram na revista Atlantic Monthly um estudo em que, pela primeira vez, se estabelecia uma relação de causalidade entre desordem e criminalidade. Naquele estudo, cujo título era The Police and Neiborghood Safety ( A Polícia e a Segurança da Comunidade), os autores usaram a imagem de janelas quebradas para explicar como a desordem e a criminalidade poderiam, aos poucos, infiltrar-se numa comunidade, causando a sua decadência e a conseqüente queda da qualidade de vida.
Kelling e Wilson sustentavam que se uma janela de uma fábrica ou de um escritório fosse quebrada e não fosse imediatamente consertada, as pessoas que por ali passassem concluiriam que ninguém se importava com isso e que, naquela localidade, não havia autoridade responsável pelo manutenção da ordem. Em pouco tempo, algumas pessoas começariam a atirar pedras para quebrar as demais janelas ainda intactas. Logo, todas as janelas estariam quebradas. Agora, as pessoas que por ali passassem concluiriam que ninguém seria responsável por aquele prédio e tampouco pela rua em que se localizava o prédio. Iniciava-se, assim, a decadência da própria rua e daquela comunidade. A esta altura, apenas os desocupados, imprudentes, ou pessoas com tendências criminosas, sentir-se-iam à vontade para ter algum negócio ou mesmo morar na rua cuja decadência já era evidente. O passo seguinte seria o abandono daquela localidade pelas pessoas de bem, deixando o bairro à mercê dos desordeiros. Pequenas desordens levariam a grandes desordens e, mais tarde, ao crime”.

No Livro do Drauzio Varella um dos capitulos fala sobre a teoria e conta que um grupo de holandeses da Universidade de Groningen publicou na revista Science um estudo que esclarece alguns pontos obscuros da teoria, ja que a mesma gerou controversias no meio academico por falta de dados empiricos capazes de comprova-la.

Foram feito 6 experimentos com situacoes ordeiras e situacoes de desordem para analisar o comportamento das pessoas {todas as experiencias estao descritas no livro) e o resultado foi impressionante.

Na minha opiniao esta teoria realmente faz muito sentido e vou citar como exemplo o Metro de Sao Paulo. Para quem nao e de Sao Paulo e nunca esteve la eu vou explicar: O metro de Sao Paulo, apesar de antigo, e o lugar mais limpo, brilhante e organizado que eu ja vi (nota 1000 para os admnistradores). Certa vez recebi um e-mail, daqueles engracados, onde tinha uma lista dos grandes misterios da humanidade e dentre eles estava o misterio da limpeza do metro de Sao Paulo. Agora falando serio: consciente ou inconsciente os administradores do metro usam a Teoria das Janelas Quebradas . Sei disso porque, ano passado minha sobrinha, que estava concluindo o curso de arquitetura, conseguiu um estagio no metro. Quando ela esteve na Holanda me visitando fiz a pergunta que nao queria calar: Como eles faziam para manter o metro tao limpo, sem nenhuma pichacao, sem banco quebrado, sem vidro quebrado e sem papel no chao, sendo que por ali passam milhares de pessoas por dia? Ela disse que qualquer coisa que seja quebrada durante o dia e trocada durante a madrugada e quando amanhece tudo esta em ordem, o que faz, na minha opiniao, com que as pessoas nao sintam vontade de praticar vandalismo. Entao eu penso que realmente tudo faz sentido, porque, se eles deixassem o metro hoje com um vidro quebrado, amanha com um banco quebrado, deixassem os vandalos picharem aqui e acola, em pouco tempo andar no metro seria como andar em um esgoto. Se funciona la com certeza funcionaria em outros lugares, so falta um pouquinho de boa vontade.

Um comentário:

Simone - blablabla & Clicks disse...

Ju, so agora deu p eu ler o post todo. Nao sabia dessa organizacao toda do metro de Sao Paulo, que coisa boa, eu sinceramente nunca imaginei que fosse assim.
E essa teroria das Janelas quebradas eh tambem chamada de efeito desencadeador e funciona mesmo. Um lugar cheio de lixo as pessoas com menos consciencia se encorajam a jogar lixo no chao.
E eu vou ateh entrar na fila p ler esse livro.
Bjos